Petrolíferas evacuam funcionários na Líbia

A maior e melhor estabelecida empresa petrolífera na Líbia, a italiana ENI, declarou em nota oficial que já começou a repatriar o “pessoal não essencial” e suas famílias.

A empresa norueguesa STATOIL, que opera na Líbia em parceria com a espanhola REPSOL e a francesa TOTAL, afirmou que seus escritórios fechariam em Tripoli e que alguns funcionários já teriam partido, segundo o porta-voz Bard Glad Pedersen.

OWV da Áustria, que produz 34 mil barris de petróleo por dia, afirmou que 11 funcionários estão partindo.

Source: www.nytimes.com

Anúncios

Sobre Luciano Medina Martins

Journalist, blogger, activist against the abuses of states that violate citizens' rights. I don't write about one only topic, I like to interact with many different issues. No fake news here.
Esta entrada foi publicada em crise árabe. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s