Manifestantes fecham os escritórios em protestos no Iraque

Manifestantes na Praça Tahir, na capital do Iraque, Bagda.

Manifestantes fecham os escritórios em protesto contra a repressão a dissidentes. Photo: Ayman Oghanna for The New York Times.

Dois partidos políticos de oposição lideraram os protestos que aglomeram manifestantes na praça Tahir em Bagdá, “queremos nossos direitos” eram as palavras de ordem.

Os manifestantes se organizaram devido a crescente preocupação quanto a repressão por parte do primeiro ministro Nuri Kamal AL-Maliki, apoiado pelos Estados Unidos, com o uso de força e outras medidas para abafar os dissidentes. No Iraque a democracia dá seus primeiros passos.

Membros do partido da Nação do Iraque e do Partido Comunista do Iraque declararam ao jornal The New York Times que dezenas de seguranças armados foram até suas casas no domingo, dois dias depois de várias manifestações.

Embora os partidos não tenham representação no parlamento ambos são críticos do governo de Maliki. “Ele está rompendo com a constituição e está rompendo com a lei”, declarou Mithal al-Alusi, líder do Partido da Nação do Iraque, e ex-membro do parlamento, a respeito de Maliki.

Anúncios

Sobre Luciano Medina Martins

Journalist, blogger, activist against the abuses of states that violate citizens' rights. I don't write about one only topic, I like to interact with many different issues. No fake news here.
Esta entrada foi publicada em crise árabe, direitos humanos, redes sociais. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s