O fim das espécies

Três quartos de toda a diversidade animal e vegetal vão desaparecer, mas não seria a primeira vez que isto acontece, sugere o estudo.

Ambientalistas e cientistas afirmam que a mudança climática e pressão humana sobre as outras espécies seria uma das responsáveis pela drástica redução no número de diferentes formas de vivas no planeta. Eles estão certos de acordo com recente pesquisa veiculada na revista Science.

Estamos em um período de extinção em massa tão drástico quanto o que acabou com os dinossauros há 65 milhões de anos. Photo: http://www.astrobio.net

Estamos em um período de “extinção em massa”, segundo um estudo publicado nos Estados Unidos. Neste relatório os pesquisadores concluíram que já houve cinco períodos na história do planeta em que três quartos (75%) de todas as espécies desapareceram da face da terra, em um curto espaço de tempo. Estaríamos no sexto período.

O que distinguiria o atual perído de extinção em massa, dos outros cinco já ocorridos, como a dos dinossauros há 65 milhões de anos, que pode ter sido ocasionado pelo impacto de um asteróide, é que a causa agora é a atividade dos humanos sobre o meio ambiente, ocorrida nos séculos mais recentes.

Para chegar a esta conclusão os pesquisadores observaram os registros fósseis. Inicialmente foram observados os fósseis de mamíferos, que são muito bem representados nestas amostras, o que facilitou na consolidação de números e percentuais. De acordo com a pesquisa a média de extinção é de mais ou menos duas espécies mamíferas a cada um milhão de anos. Mas, observando os últimos 500 anos, 80 espécies (das 5,570 espécies de mamíferos conhecidas) extinguiram-se. Este número inclusive excede o ritmo das extinções em massa anteriores.

Para ter a confirmação de que realmente estamos em um novo período de extinção em massa os pesquisadores também observaram os anfíbios, répteis, pássaros e plantas. E, para todos, se confirmou uma dramática perda na diversidade de espécies de 500 anos até os dias atuais. Esta taxa de extinção é 80 vezes mais rápida do que deveria em uma velocidade normal de extinção de espécies.

A projeção dos pesquisadores é que nos próximos 300 anos mais de 70% de todas as espécies de mamíferos terá desaparecido. Imagine, olhar pela janela e ver bem menos da metade dos mamíferos que você vê agora.

Source: www.sciencemag.com

Anúncios

Sobre Luciano Medina Martins

Journalist, blogger, activist against the abuses of states that violate citizens' rights. I don't write about one only topic, I like to interact with many different issues. No fake news here.
Esta entrada foi publicada em história, meio ambiente. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s